HORIZONTE ESCURO - SURF TRIP EM PICO ALTO

HORIZONTE ESCURO – SURF TRIP EM PICO ALTO

POR: KIKO BUNGUS

HORIZONTE ESCURO – SURF TRIP EM PICO ALTO

Pico Alto é uma onda oceânica que quebra em uma das inúmeras bancadas de ondas boas na região de Punta Hermosa, no Perú.

A onda é cabulosa por sua massa d’água e por ser difícil se colocar no pico, já que ela quebra no meio do nada e com poucos pontos de referência, sendo fácil levar uma série na cabeça.


Era ali pelo final dos anos 90 e como os últimos invernos daquela época estávamos eu, China, Carlos Kxot e Rico Schimidt instalados na Pousada da Mama Vidal aproveitando as ondulações de inverno e fugindo da famigerada época da pesca da tainha aqui na terrinha.


Nessa temporada em especial o Kxa inventou que ia surfar Pico Alto e levou uma 9.0 que ele fez especialmente pra ocasião.


As ondulações grandes não davam trégua e foi após acabar um evento de ondas grandes no pico e as condições ficarem menos ameaçadoras que ele resolveu convidar o Luisfer pra ciceroneá-lo naquela que seria sua primeira queda naquele pico amedrontador.


Era uma ocasião imperdível e a galera aguardava ansiosa o début do Kaxa naquelas condições.

Mas foi então que ele condicionou a queda a que fossem pelo menos mais 2 com ele, pra que ficassem mais pessoas servindo de referência no pico.


Luisfer conseguiu mais 2 pranchas grandes pra galera mas não sobrou nenhuma pra mim.

Já que eu não queria ir mesmo eu tava até torcendo pra isso acontecer, mas foi então que eles me vieram com uma prancha 6.10 com borda e um leash daqueles de rebocar caminhão, mas com um nó no meio e me azucrinaram até me convencerem a ir junto e ficar só lá no canal observando a ação e avisar da chegada de uma série, se necessário.


Eu naquela altura não tinha a menor ideia da merda que tava fazendo, acabei indo na lábia deles e seguindo a empolgação da galera rumamos todos pra El Paso, de onde se entra no mar pra chegar a Pico Alto.


As ondas lá fora estavam entre 12′ e 15′, ou seja, começando a quebrar e aparentemente fácil, já a entrada no mar em El Paso tava sinistra, com um cocão de 2 metrões chato, o que exigia muita paciência e time pra não ser pego de surpresa e ver a cueca sair pela cabeça.


Nesse momento começou a me bater o arrependimento, mas parceria é parceria e eles não iam largar do meu pé se eu não fosse!

HORIZONTE ESCURO - SURF TRIP EM PICO ALTO
HORIZONTE ESCURO - SURF TRIP EM PICO ALTO

Dado o sinal pelo Luisfer, fomos todos pra água ao mesmo tempo e remamos como loucos pra passar aquele quebra coco sinistro.


Passado o que aparentemente era o pior, rumamos pro pico, só que eu sempre abrindo mais pra esquerda pra ficar no canal e bem longe do perigo, já que meu equipamento tava longe de ser o apropriado.


Eles seguiram Luisfer e se colocaram no pico esperando as ondas enquanto eu assistia tudo de longe e sem parar de me mexer pra não congelar naquela água gelada.


A ação seguia lentamente, com séries bem espaçadas e eu já tava até entediado pensando em sair da água quando reparei que Luisfer e o grupo começaram a remar como loucos pra fora.

Eu me virei pro horizonte e vi aquela parede escura vindo como uma coluna de tanques pronta pra passar por cima da gente. Era uma série de uns 18′ e não dava pra saber quantas ondas trazia.


A corrente tinha nos levando muito pra dentro do pico e mesmo eu que achava estar seguro estava em risco de ser varrido pela série.

Terror total!
Remei pela vida porque sabia que se tomasse alguma onda da série na cabeça minhas chances seriam pequenas tendo um equipamento tão precário.


O amargo da adrenalina encheu minha boca e eu nunca tinha remado tão forte e rápido antes.


Quando passei a 1ª onda da série reparei que as outras eram ainda maiores e tive que me esforçar ainda mais batendo até as orelhas.

Passei todas as outras 4 ondas daquela série aparentemente interminável no limite do limite, ficando quase vertical, mas Deus foi bondoso comigo.

Depois que a última onda passou eu virei pra raça pra xingar eles mas não tinha mais ninguém. Quem pegou onda pegou, quem não pegou foi varrido.

Virei pra praia e remei como doido pra sair do mar e sai lá por Señoritas cuspido por cima das pedras.

Não vi a galera e só nos encontramos mais tarde lá na frente da pousada da Mama e todos tinham algo cabuloso pra contar.

Foi uma história sinistra de superação física e do medo e daquelas lições que a vida nos ensina de maneira inesquecível.

Hoje eu agradeço por ter podido ter passado por aquela experiência, por mais traumática que tenha sido.

DICA DE LEITURA IN PARADISE

IN PARADISE LOJA

🌴Acesse: http://inparadise.com.br
🌴Entre pro nosso Grupo de Boletim das Ondas do Telegram: https://t.me/inparadisesurfgrupo
🌴Canal Telegram: https://t.me/inparadise
🌴Siga-nos no Instagram: https://www.instagram.com/inparadise_site/
🌴Facebook: https://www.facebook.com/siteinparadise/
🌴Twitter: https://twitter.com/SiteInParadise
🌴Pinterest: https://br.pinterest.com/inparadisebr/

🌴You Tube: https://www.youtube.com/Siteinparadise

BAIXE NOSSO APP E FIQUE LIGADO EM TUDO QUE ACONTECE POR AQUI!

Confira mais promoções no In Paradise! Clique aqui!
IN PARADISE RADIO! OUÇA SEM MODERAÇÃO! CLIQUE AQUI!

In Paradise é um site de variedades e estilo de vida, voltado aos esportes, cultura e meio ambiente. Desde sua fundação em Abril de 2013, vem conquistando novos internautas apaixonados por esse nicho a cada dia. Esses internautas são homens e mulheres espalhados pelo mundo, que gostam de estar sempre antenados nas novidades e de experimentar coisas novas e divertidas.

Somos apaixonados por esportes, cultura, meio ambiente, moda, designer, fotografia, gastronomia e tudo que existe por ai de mais criativo.

Além disso, o In Paradise tem um layout amigável e integrado com as principais redes sociais interativas. O site se conecta com seus leitores por meio de um editorial relevante e original, construindo uma relação fiel de parceria com seu público.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.