O In Paradise foi conhecer a Costa da Lagoa com nossa Paradise Repórter Tais Fava.

Confira como foi esse rolê.

A localidade da Costa da Lagoa é uma das mais antigas freguesias de Floripa e é um desses pequenos paraísos que a ilha tem pra mostrar. Esta acessível de barco ou por trilha, então fizemos logo as duas opções para dar as melhores dicas. Para quem vai de barco, há um terminal lacustre localizado no centrinho da Lagoa da Conceição e passa por 23 “pontos” espalhados pela margem da lagoa, que dão acesso as vilas e casas de moradores da localidade, diversos restaurantes e a cachoeira da costa.

Para quem gosta de uma caminhada, a saída é feita do “ponto final” da linha de ônibus “Canto dos Araças”. A trilha é longa, mas com poucas subidas e poucos obstáculos, mesmo assim exige um certo preparo físico e pode ser considerada de intensidade média já que são de 2hs a quase 3hs e meia de trajeto. Pelo caminho passamos por diversos córregos e belas paisagens, podemos visitar o Engenho de Farinha e o casarão da Dona Loquinha, construído por escravos no final do séc XVIII, hoje tombado como patrimônio histórico. Nosso foco é chegar a cachoeira da costa localizada a altura do ponto 16, porém após duas horas de caminhada precisávamos recompor as energias e paramos no restaurante Bela Ilha na altura do ponto 13. Fomos muito bem recebidos pelo proprietário, o Duda, aproveitamos a sombra a beira da lagoa e fomos convidados para um almoço e uma conversa no restaurante, feita dias depois desta primeira visita e você pode conferir no vídeo da matéria.

Posso dizer que deixo a visita ao restaurante como uma das dicas do passeio, o lugar tem ambiente familiar, a mãe de Duda cozinha, o próprio Duda faz o atendimento, o pai faz o transporte de barco para clientes e ainda decora o espaço com esculturas talhadas na madeira feitas por ele mesmo , além disso, excelente comida, de frente da lagoa e com um atendimento especial. Dali até a cachoeira são mais 30 min de caminhada, chegando na cachoeira tomamos aquele banho refrescante como recompensa do esforço pela trilha. Energizante, perfeito pra passar um tempo até o fim de tarde e voltar para a Lagoa da Conceição. Lembrando que a volta pode ser feita de barco. Outras considerações:

Leve sempre frutas, barras de cereal, água, vista roupas leves, calçados fechados (em hipótese alguma faça trilhas de havaianas ou similares), busque uma boa sombra, leve chapéu e filtro solar. Leve máquina fotográfica, desligue o celular, traga com você belas lembranças e seu lixo, deixe apenas suas pegadas e não retire nada da praia ou da mata (como conchas, flores, etc…).

No mais, vá com um belo sorriso, recarregue suas energias e desfrute desse lugar mágico. Fiquem ligados, em breve mais dicas para todos os viciados em Floripa.

Texto e fotos: Nicolas Carreiro

Assista a Matéria:

Veja as Fotos:


Fotos: Nicolas Carreiro / In Paradise

CONFIRA TAMBÉM AS FOTOS NA NOSSA FAN PAGE DO FACEBOOK! CLIQUE AQUI!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.