EDIÇÃO ESPECIAL COMEMORA 30 ANOS DE LANÇAMENTO DO ÁLBUM “TALK IS CHEAP”, DE  KEITH RICHARDS

Álbum de 1988 está disponível em todas as plataformas digitais e reúne o melhor da carreira solo do cantor

Em 1988, Keith Richards lançou o primeiro álbum solo, “Talk Is Cheap”, uma super aula de onze faixas sobre tudo o que há de bom no rock ‘n roll. Tudo começou em 1986, quando Keith estava inquieto. Os Stones estavam inativos e, como Keith diz, era um daqueles momentos “esqueça aqueles tempos”. Ele trabalhou com o baterista Steve Jordan no filme de Chuck Berry, “Hail Hail Rock ‘n Roll”, e estava procurando outro desafio. Ele nunca tinha considerado fazer um álbum solo e admitiu inicialmente ter sido “arrastado chutando e gritando” ao estúdio. 

Ao longo da trajetória junto ao Rolling Stones, ele sempre foi um homem de uma banda só. “Meu foco central sempre foi uma coisa”, diz Keith. “Eu senti que nos Stones eu tinha o veículo perfeito para o que eu queria fazer. Eu não poderia imaginar fazer outra paralelamente que fosse igualmente satisfatória”. 

Felizmente ele juntou os incomparáveis X-Pensive Winos. Desde o início, parecia uma banda, com o guitarrista Waddy Wachtel sendo uma óbvia primeira opção a se juntar a Steve Jordan. “Waddy e eu somos como Ronnie e eu”, diz Keith. “Em  cinco minutos, é como se conhecêssemos uns aos outros por toda nossa vida.”

Com Charley Drayton, que toca baixo e bateria, três se tornaram quatro, depois cinco com o cantor e tecladista Ivan Neville. Todos eles eram multi-instrumentalistas, músicos versáteis que montaram acampamento no Le Studio, fora de Quebec. Isolada das distrações da cidade grande, a música fluiu desde o início. “Havia algo grande acontecendo e tudo que eu tinha que fazer era me agarrar a isso”, diz Keith.

Uma das primeiras faixas que gravaram foi a explosiva “Take It So Hard”, um clássico apertado mas solto, que ilustra facilmente por que Keith é chamado de riff humano. Ela define o rock moderno.

As gravações mais tarde mudaram para Montserrat, Bermuda e outras localidades com participações especiais de um elenco de estrelas, incluindo Sarah Dash, Bootsy Collins, Maceo Parker, Memphis Horns, Patti Sciafia e Mick Taylor. 

Há uma grande alegria no “Talk Is Cheap”, que permeia cada música. Parece tão bom hoje como há trinta anos – nas palavras de Keith “tão frescas quanto no dia em que foram feitas”. Esta reedição também inclui 6 faixas bônus, quatro das quais apresentando o pianista Johnnie Johnson, incluindo “Big Town Playboy” de Eddie Taylor, “Blues Jam”, “Slim” e o cover cinético de Jimmy Reed, “My Babe”. 

“Este álbum se sustenta”, diz Keith Richards. “Eu tenho escutado isso e não através das névoas de nostalgia porque isso não me afeta dessa maneira. Isso é mais do que a soma de suas partes. Eu realmente admiro isso. Estávamos nos divertindo e você pode ouvir essa diversão”. 

Confirma a tracklist completa de “Talk Is Cheap”:

  1. Big Enough
  2. Take It So Hard
  3. Struggle
  4. I Could Have Stood You Up
  5. Make No Mistake
  6. You Don’t Move Me
  7. How I Wish
  8. Rockawhile
  9. Whip It Up
  10. Locked Away
  11. It Means A Lot

Clique na sua plataforma digital favorita e ouça agora “Talk Is Cheap”:

Deixe seu comentário!

Comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.